Texto teatral para 18-2 - JESUS É TENTADO NO DESERTO - para crianças



JESUS NO DESERTO
1o Domingo da Quaresma
Ano B – Marcos 1, 12-15
de Emílio Carlos

JOCA – (entra) Oi pessoal!

CLARINHA – (entra) Oi pessoal!

J0CA – Oi peeeeeeeeeeeeessoal!

CLARINHA – Oi!

J0CA – Oi peeeeeeeeeeeeessoal!

CLARINHA – Oi!

J0CA – Oi peeeeeeeeeeeeessoal!

CLARINHA – Joca.

J0CA – Oi peeeeeeeeeeeeessoal!

CLARINHA – Joca.

J0CA – Oi Claaaaaaaaaaaaarinha!

CLARINHA – Quer parar com isso, Joca?

JOCA – Não queeeeeeeeero não.

CLARINHA – Mas para assim mesmo.

JOCA – Eu jáááááááááá parei.

CLARINHA – Joca!

JOCA – Tá bom, Clarinha. Já parei.

CLARINHA – Joca: você prestou atenção no Evangelho de hoje?

JOCA – Clarinha: eu prestei muita atenção, viu?

CLARINHA – Mesmo, Joca?

JOCA – Mesmo, Clarinha.

CLARINHA – Você estava com olhos fechados nessa hora, Joca.

JOCA – Eu fechei os olhos pra prestar mais atenção, Clarinha.

CLARINHA – Ah, sei... E aquela hora que você roncou?

JOCA – Ronquei? Eu não ronco quando durmo... Êpa.

CLARINHA – Pois é, né Joca? Você dormiu.

JOCA – Só cochilei só.

CLARINHA – Ah, Joca, viu?

JOCA – Mas Clarinha: eu estava com sono. Eu joguei videogame até tarde da noite ontem e... êpa.

CLARINHA – Você ficou jogando joguinho até tarde, Joca? Sabendo que tinha Missa hoje de manhã.

JOCA – (sem graça) É... rê, rê, rê.

CLARINHA – Isso não pode ficar assim, Joca.

JOCA – Eu sei. Mas foi a primeira vez que eu fiquei até tarde no joguinho.

CLARINHA – Não é só isso, Joca. E o Evangelho de hoje?

JOCA – Pois é: e o Evangelho de hoje?

CLARINHA – Eu é que pergunto.

JOCA – Não, eu é que pergunto. Fui eu que dormi, quer dizer, cochilei.

CLARINHA – O Evangelho de hoje é muito importante, Joca. É quando Jesus foi para o deserto e ficou lá por 40 dias.

JOCA – Puxa vida!

CLARINHA – E sabe o que aconteceu, Joca?

JOCA – Não, Clarinha. O que?

CLARINHA – O mal tentou Jesus.

JOCA – Clarinha!

CLARINHA – Isso mesmo, Joca. O mal tentou Jesus no deserto.

JOCA – Que ousadia!

CLARINHA – É, Joca!

JOCA – Que absurdo! Tentar Jesus? Isso já é demais!

CLARINHA – É, o mal não perde a chance, viu Joca? No deserto Jesus teve fome e sede.

JOCA – Também, coitado: 40 dias no deserto não é mole não.

CLARINHA – É verdade. Mas Jesus não reclamou, viu?

JOCA – Jesus é meu herói.

CLARINHA – Foi então que o mal apareceu e disse:

(entra cartaz ilustrando a cena)

MAL – (voz em off) Se você é filho de Deus transforme essas pedras em pão.

JOCA – E o que Jesus respondeu?

CLARINHA – Jesus disse assim:

JESUS – (voz em off) Nem só de pão vive o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.

JOCA – É isso aí! O mal perdeu feio!

(entra cartaz com ilustração)

CLARINHA – Perdeu mesmo, Joca. Mas sabe o que ele fez? Levou Jesus para a torre mais alta do templo e lhe disse:

MAL – (off) Se você é filho de Deus se jogue do alto desta torre e os anjos te salvarão.
CLARINHA – E Jesus respondeu:

JESUS – (off) Está escrito: não tentarás ao Senhor teu Deus.

JOCA – Boa resposta! Gostei!

CLARINHA – O mal viu que não estava conseguindo nada com Jesus.

JOCA – É isso mesmo! Jesus não cai em tentação não.

CLARINHA – Então o mal levou Jesus para a montanha mais alta do mundo. E disse assim:

(entra cartaz com ilustração)

MAL – (off) Se você me adorar eu te darei todos os reinos do mundo.

CLARINHA – E Jesus respondeu:

JESUS – (off) Está escrito: adorarás somente a Deus. Vá embora, Satanás.

JOCA – O mal se deu mal de novo!

CLARINHA – É mesmo, Joca. E dessa vez o mal ficou muito bravo e se mandou. Logo depois o céu se abriu e desceram os anjos de Deus. E os anjos serviram a Jesus.

(cartaz com ilustração)

JOCA – Puxa, que legal!

CLARINHA – É mesmo, Joca.

JOCA – Eu gostei de Jesus, viu? Ele não deu chance para o mal.

CLARINHA – É verdade, Joca. Mas pense bem: se o mal tentou até Jesus isso quer dizer que o mal pode nos tentar também.

JOCA – Gente! Eu não tinha pensado nisso!

CLARINHA – Pois é, Joca. O mal é fogo: ele vive tentando as pessoas por aí.

JOCA – É mesmo. Daí as pessoas ficam jogando joguinho até tarde e no dia seguinte dormem na Missa, né?

CLARINHA – Pois é, Joca.

JOCA – É, gente: o mal quer que a gente faça tudo errado – desobedeça os pais, brigue com os irmãos, não estude...

CLARINHA – O mal nos quer no caminho da escuridão.

JOCA – Mas Clarinha: e agora? Como se proteger do mal?

CLARINHA – É preciso estar sempre ao lado de Jesus e com Deus no coração. Assim não cairemos nas armadilhas do mal.

JOCA – Jesus é a luz que ilumina o caminho do bem.

CLARINHA – É isso aí!

JOCA – Quem quer estar sempre ao lado de Jesus levante a mão!

CLARINHA – Eu!

JOCA – Levante a mão bem alto!

CLARINHA – Eu!

JOCA – Então não se esqueçam de rezar, né gente?

CLARINHA – É isso mesmo. Então vamos rezar.

JOCA – Bem bonito, hein gente?

CLARINHA – Todo mundo com as mãozinhas igual a Nossa Senhora.

JOCA – Assim, ó.

CLARINHA – Então vamos lá. Eu falo e vocês repetem, tá bom?

JOCA – Tá bom.

CLARINHA – Senhor Deus...

JOCA – Senhor Deus...

CLARINHA - ... não nos deixei...

JOCA - ... não nos deixei...

CLARINHA - ... cair em tentação...

JOCA - ... cair em tentação...

CLARINHA - ... mas livrai-nos do mal...

JOCA - ... mas livrai-nos do mal...

CLARINHA - ... amém.

JOCA - ... amém.

CLARINHA – Muito bem!

JOCA – Muito bem!

CLARINHA – Então tchau pra vocês!

JOCA – Tchau!

CLARINHA – Tchau!

JOCA – Tchau!

CLARINHA – Tchau!

(Fim)



Esse texto faz parte da coleção de livros Teatro na Missa das Crianças e na Catequese.
Você pode adquirir um dos livros ou o kit completo.
Disponível em livros digitais e DVD-livros.
Saiba mais na nossa lojinha:
www.tvcriancacatolica.com.br/lojinha


www.tvcriancacatolica.com.br


www.tvnossasenhoradefatima.com.br








http://www.apenossasenhoradefatima.com.br/p/blog-page_6.html
http://teatronamissadascriancas.blogspot.com.br/p/quem-somos-nos.html













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por moderação antes de serem publicados.